"I made Commonwealth my bitch" ou A Estabilização da Revolução

Ir em baixo

"I made Commonwealth my bitch" ou A Estabilização da Revolução

Mensagem  Commonwealth em Sab Abr 27, 2013 3:13 pm

Após dois meses de intenso período revolucionário com manifestantes a serem mortos indiscriminadamente nas ruas, o desaparecimento do (perante o Governo no Exílio) Regente Imperial D. Pedro e uma perda considerável do orçamento militar após o fecho dos portos comunais ao comércio internacional, a situação finalmente acalmou. Parece que finalmente as mais de 100.000 mortes, causadas tanto pelo Tribunal Revolucionário como pelos tiros disparados pelos soldados nas manifestações, começaram a fazer efeito e a população percebeu que não adianta continuar a entregar a própria vida por uma causa perdida. Parece que o período do "Terror Vermelho" acabou...

A situação atual é de autêntica destruição com as ruas e avenidas das principais cidades do país cheias de corpos das últimas manifestações. E no que depender do regime continuarão lá: sempre servem para tirar qualquer ideia de novos protestos às pessoas. Mas nem em todo o lado é assim: o interior rural do país prospera com a abertura de novas estradas, construção de escolas, casas e até alguns hospitais... tudo isto construído pela mão de trabalhadores que se entregam dia e noite ao trabalho árduo para dar condições de vida melhores aos seus familiares, amigos e à população em geral, sem receber nada em troca.
No Brunei a situação também difere e bastante da realidade na mainland. Lá a revolução nunca chegou a acontecer, sim houveram alguns protestos nas ruas mas nunca foram criadas comunas nem sovietes, até porque a população ainda acredita que um dia o Sultão voltará para liderar o Brunei à glória, e enquanto isso não acontece limitam-se a acreditar na enorme burocracia do menor estado da Commonwealth. É este o resultado de mais de 100 anos de monarquia absolutista. A política está sob o controlo do Grão-Vizir Caleb ben-Ahmad, um católico livre da Confederação Liberal Monárquica, que era o braço direito do Sultão. Lentamente começa a introduzir algumas reformas tímidas como a criação de um parlamento, o "Conselho Popular Consultivo e Legislativo", ainda que sem poder real. Também criou uma nova moeda, o Dinar, uma vez que a Casa da Moeda em Sydney foi fechada e o Marco foi abolido pelos comunistas. As reformas democráticas são recebidas com algum medo pela população que considera que se o regime absolutista governou tão bem o Brunei até agora, porquê introduzir um sistema democrático que traz tantos males e provoca tantos problemas? Mas a passo lento o Brunei lá se vai desenvolvendo...

Na porção continental da Commonwealth o CNFA aproveitou este período de aparente acalmia para iniciar as reformas políticas necessárias à definitiva afirmação do regime. O Instrumento de Governo, o Estatuto Federal e a Declaração Federal dos Direitos do Homem e do Cidadão foram suspendidos e substituídos pelo Manifesto do Governo da Nação, que funciona como uma constituição de facto mas que não o é de jure, uma vez que tecnicamente os 3 documentos referidos ainda se encontram em vigor, apenas com a sua efetiva aplicação suspensa. O Manifesto estabelece uma forma de governo altamente centralizada liderada pelo Secretário-Geral do Partido Comunista da Liga, que é constitucionalmente, o Presidente e Líder Supremo da Liga dos Trabalhadores Livres com poderes quasi-absolutos sobre o Estado a quem somente faz frente o Politburo do PCL que o pode demitir. O poder do CNFA apesar de largamente reduzido foi institucionalizado sob a forma do "Conselho Supremo do Estado e da Revolução" que detém nominalmente o Poder Legislativo e a chefia das Forças Armadas, no entanto estas prerrogativas só podem ser exercidas com a sanção do Líder Supremo. Por fim, o Poder Judiciário é liderado pelo Tribunal Revolucionário cujos juízes são escolhidos pelo Politburo do PCL. Assim, o 1º Presidente e Líder Supremo da Liga dos Trabalhadores Livres é um dos principais líderes da Revolução, o General Hugo Keys. Este general terá comentado com um amigo após a sua "eleição": 'I made Commonwealth my bitch' o que em português puro e duro significa 'Eu fiz da Commonwealth a minha cabra/puta' (OOC: nem sei se se podem dizer estas coisas por aqui Razz). Entre os principais planos do General e agora Presidente encontra-se a anexação de Constantinopla e o estabelecimento da autoridade da Liga no Brunei.


Presidente e Líder Supremo da Liga, Hugo Keys

---------

OOC: Oras, neste RP vou tentar levar as coisas com mais calma, que é como quem diz, só vou postar de 3 em 3 dias ou mais tempo se me pedirem em PM. Vou tentar não ser tão louco como fui nos outros, mas já sabem como é que eu sou... comigo dá sempre em ditador louco a lutar contra superpotências mundiais sem ter o poder militar pra fazer isso Razz
Bom, vamos ver se é desta que eu volto a encarrilhar nos caminhos da democracia hahahahah Laughing


Última edição por Commonwealth em Sab Abr 27, 2013 3:34 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Commonwealth

Mensagens : 911

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: "I made Commonwealth my bitch" ou A Estabilização da Revolução

Mensagem  Krebesh em Sab Abr 27, 2013 3:29 pm

O Governo Real por meio desta carta envia suas saudações ao novo rumo da Nação e requer uma Audiência Privada com o Atual Líder Militar;
Visto que atualmente Repes encontra-se em uma Crise Civil, não será possível sua Majestade (S.M.R) fazer uma visita, ou seja apenas por um meio de Comunicação via Internet.
Sua Majestade (S.M.R) o Rei, Ariel I está recluso em seu Palácio Desde anti-ontem devido a uma revolta Militar Traidora que têm destabilizado o país.

Sem Mais,

Leonard Tudor
Ministro Real das Relações Exteriores de Repes
avatar
Krebesh

Mensagens : 109

Ver perfil do usuário http://www.nationstates.net/nation=krebesh

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: "I made Commonwealth my bitch" ou A Estabilização da Revolução

Mensagem  Commonwealth em Sab Abr 27, 2013 3:34 pm

O Líder Supremo vem através do presente telegrama informar que a Liga e a sua população não têm qualquer interesse em colaborar com regimes que oprimem o seu povo como é caso das auto-intituladas "democracias". Como tal só colaboraremos com regimes de origem comunista e da revolução do proletariado. Como esse não é o caso de Repes, temos o prazer que informar que DECLINAMOS o seu convite.
avatar
Commonwealth

Mensagens : 911

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: "I made Commonwealth my bitch" ou A Estabilização da Revolução

Mensagem  Krebesh em Sab Abr 27, 2013 3:38 pm

É viável ressaltar que O Reino Unido de Repes não é Uma democracia e sim uma Monarquia Constitucional que está sendo obrigada por Militares Traidores a sua nação a abandonar sua forma de governo que existe á séculos na Nação.
É viável ressaltar também que Repes não oprime seu povo e sim Ajuda-os da melhor forma possível para que sempre sejamos uma Nação desenvolvida e prospera.
A respeito do Declínio de nosso convite já era de se Esperar de Militares " Ditatoriais " no Poder.

Sem Mais,

Leonard Tudor
Ministro Real das Relações Exteriores de Repes
avatar
Krebesh

Mensagens : 109

Ver perfil do usuário http://www.nationstates.net/nation=krebesh

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: "I made Commonwealth my bitch" ou A Estabilização da Revolução

Mensagem  Commonwealth em Sab Abr 27, 2013 3:47 pm

OOC: Este não é tópico certo para estarmos a falar disto... se o Admin pudesse mover estes últimos posts para a a diplomacia eu agradecia Smile
avatar
Commonwealth

Mensagens : 911

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: "I made Commonwealth my bitch" ou A Estabilização da Revolução

Mensagem  Krebesh em Sab Abr 27, 2013 4:19 pm

OOC: Continuemos na Diplomacia Então ^^
avatar
Krebesh

Mensagens : 109

Ver perfil do usuário http://www.nationstates.net/nation=krebesh

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: "I made Commonwealth my bitch" ou A Estabilização da Revolução

Mensagem  São Paulo em Dom Abr 28, 2013 3:07 pm

O General Faria Lima, Comandante da Operação para o Commonwealth, disse que o militar que quiser pisar em Constantinopla deverá passar antes pelos tanques, navios, aviões, bombas e os próprios soldados paulistas que estão prontos para qualquer mínima ameaça ao território de Sua Santidade!

O Senado aprovou em sessão única o envio de reforços para Constantinopla, inclusive enviou uma proposta para S. Santidade em transformar Constantinopla em um Estado Soberano e Independente Protegido por Sua Majestade Imperial e Real, D. Maximilien I de Piratininga.
avatar
São Paulo

Mensagens : 466

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: "I made Commonwealth my bitch" ou A Estabilização da Revolução

Mensagem  Commonwealth em Dom Abr 28, 2013 3:20 pm

OOC: Constantinopla é de jure um estado associado à Commonwealth, mas como o governo legítimo foi deposto e o Papa ainda não reconheceu a autoridade do Governo no Exílio comporta-se como um estado independente de facto.
avatar
Commonwealth

Mensagens : 911

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: "I made Commonwealth my bitch" ou A Estabilização da Revolução

Mensagem  Commonwealth em Sex Maio 03, 2013 5:45 pm

Na reunião semanal entre o Líder Supremo e o Conselho do Estado e da Revolução o principal tema da discussão foi a "Situação Kebrada" como já era apelidado o recente conflito diplomático entre a Liga e o Reino Unido de Krebesh.

- Então camaradas conselheiros? O que acham que devemos fazer com esta escumalha?

- Bem, na minha opinião devíamos declarar-lhes guerra, afinal de contas eles rebaixaram o nosso povo e a Revolução! Exclamation

- E os Lapálios? Eles impedir-nos-iam... Neutral

- Esse monte de merda!? Não me parece, agora com aquilo que os gutlandeses fizeram... Quero ver se defendem a "democracia" e a "liberdade" quando se trata da principal potência militar do mundo. Twisted Evil

- Ai pobre McHitler... se isto tivesse acontecido na época dele....

- Credo! Do que vos fostes lembrar, Camarada Líder Supremo! Ainda bem que esse McHitler nunca mais vai voltar a por cá os pés! Andou a brincar aos ditadores... Laughing

(gargalhada geral)

- Bom, então em relação aos kebrados como fazemos? Eu ia propor mandarmos uns navios só para assustar, mas não é boa ideia sermos vistos perto do Brunei, pelo menos por agora... No que me diz Camarada Conselheiro-Presidente John?

- Então... é simples, se eles não nos atacarem mais nós ficamos quietos, caso eles nos voltem a atacar então foda-se o Brunei! Além disso temos que ver se arranjamos maneira de fazer os paulistas sairem de Constantinopla. Uns exercícios militares nos arredores da cidade são capazes de os assutar.

- Assim seja, Camarada! Very Happy

Logo após a reunião começaram os exercícios militares na Base Aérea de Nova Constantinopla e na Base Militar de Constantinopla Sul, ambas localizadas a 8 e 10 km de distância de Constantinopla, respetivamente.


Última edição por Commonwealth em Sex Maio 03, 2013 6:01 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Commonwealth

Mensagens : 911

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: "I made Commonwealth my bitch" ou A Estabilização da Revolução

Mensagem  Lapália em Sex Maio 03, 2013 5:54 pm

As movimentações militares da Commonwealth põem as Forças Armadas em alerta. A Marinha e a Força Aérea tinham unidades no Pacífico e, embora os militares comuns não soubessem, no Consulado falava-se dum bombardeamento em larga escala...
avatar
Lapália

Mensagens : 645

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: "I made Commonwealth my bitch" ou A Estabilização da Revolução

Mensagem  Krebesh em Sex Maio 03, 2013 6:01 pm

ooc: O nome certo: Reino Unido de Krebesh e nao Kebresh.
Very Happy
avatar
Krebesh

Mensagens : 109

Ver perfil do usuário http://www.nationstates.net/nation=krebesh

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: "I made Commonwealth my bitch" ou A Estabilização da Revolução

Mensagem  São Paulo em Sex Maio 03, 2013 7:00 pm

Os soldados paulistas, devido as movimentações das tropas comunistas, acionaram o alerta vermelho e saíram das casernas e dos "cassinos" dos oficiais e correram para as baterias anti-aérias autônomas e as fixas ao entorno de Constantinopla.


O General Faria Lima emitiu um comunicado por rádio em um canal aberto - para os comunas comunais escutarem - que a ordem de Sua Majestade é para abater qualquer movimentação não autorizada, quer seja aonde for. Emitiu também a ordem para que caso continuassem as movimentações belicosas, ao entorno de Constantinopla era para bombardear maciçamente todas as bases militares no entorno ou instalações que oferecessem o menor risco que fosse.
avatar
São Paulo

Mensagens : 466

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: "I made Commonwealth my bitch" ou A Estabilização da Revolução

Mensagem  Krebesh em Sex Maio 03, 2013 7:16 pm

Com a entronizaçao do Regente , D. Afonso VII, o Exercito Real de Krebesh, a força aerea e a Marinha estao a postos para a GUERRA contra o Governo Revolucionario do Ditador Facista Hugo Keys e esta liga idiota!

avatar
Krebesh

Mensagens : 109

Ver perfil do usuário http://www.nationstates.net/nation=krebesh

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: "I made Commonwealth my bitch" ou A Estabilização da Revolução

Mensagem  Commonwealth em Qua Maio 22, 2013 2:57 pm

Após a reação paulista o Líder Supremo ordena que se parem com os movimentos militares junto à fronteira. Este não era o momento certo para ir para a guerra com São Paulo.
Em relação ao Brunei o governo comunista tomou oficialmente uma posição: aprovou uma lei que impede a secessão de território da Liga sob pena de intervenção militar. Em resposta o governo do Brunei reconheceu o Governo Provisório no Exílio como o legítimo representante da população comunal, mais uma derrota diplomática para a Liga.

Agora o Conselho do Estado e da Revolução começa a devotar a sua atenção a algo que consideram ser fundamental: estabelecer um aliado forte na Europa. O alvo prefeito: o Estado Espanhol Restaurado. É simples, a Liga intervém na guerra e "salva" a República Espanhola, que tem tendências socialistas e até mesmo comunistas, como "agradecimento" a República torna-se uma aliada da Liga num ponto estratégico do mundo. No entanto, o Líder Supremo está com algum medo em avançar para a guerra, teme que os navios lapálios no Pacífico impeçam os navios da Liga de avançar, e passar por Krebesh não é uma solução viável...
avatar
Commonwealth

Mensagens : 911

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: "I made Commonwealth my bitch" ou A Estabilização da Revolução

Mensagem  Nova Salvador em Qua Maio 22, 2013 6:57 pm

O Governo Soteropolitano apoia a decisão de Brunei em reconhecer o governo provisório no exílio e está a disposição para ajudar a defender MILITARMENTE se for necessário o território de tal região.
avatar
Nova Salvador

Mensagens : 626

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: "I made Commonwealth my bitch" ou A Estabilização da Revolução

Mensagem  Sarvoya em Qui Maio 23, 2013 4:12 am

A Confededração de Sarvoya reconhece o Brunei como um país independente como Commonwealth Ocidental, entretanto também reconhece o governo socialista da Commonwealth Oriental, e espera que não saiam de lá.
avatar
Sarvoya

Mensagens : 857

Ver perfil do usuário http://www.facebook.com/gustavopfurla

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: "I made Commonwealth my bitch" ou A Estabilização da Revolução

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum