Rádio e Televisão Nacional de São Paulo - RTV-SP

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Rádio e Televisão Nacional de São Paulo - RTV-SP

Mensagem  Commonwealth em Sex Jan 11, 2013 5:44 pm

São Paulo escreveu: Exclamation Delegação Paulista abandona convenção austríaca após Escravidão na pauta

Sydney - A Delegação Paulista, liderada pelo FHC no Conselho Constitucional dos Estados Unidos abandonaram as discussões da restauração democrática na Áustria, após delegação baiana e a delegação local defenderem a manutenção da escravidão de negros, muçulmanos e homossexuais. Prezando pelo princípio da dignidade humana e do estado social e democrático de direito, a delegação paulista combateu a todo momento a discussão de qualquer pauta enquanto a escravidão estivesse em vigência.

O Ápice da discussão foi quando o representante da ditadura de Sydney, Tom Windsdor de forma hipócrita e demagógica defendeu que era democrático o povo escolher quem deveria ou não ser escravizado. Após uma discussão mais ríspida. FHC, acompanhado dos representantes de Lapália e Almada se retiraram do plenário.

A CoRCES repudia esta notícia e sublinha que Tom Windsor não é o representante do governo de McHitler, mas sim o representante dos herdeiros austríacos e que em momento algum defendeu a escravidão mas sim o direito absoluto à auto-determinação do Homem, direito este que alguns representantes das auto-intituladas "democracias" tentaram limitar abertamente.
avatar
Commonwealth

Mensagens : 911

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rádio e Televisão Nacional de São Paulo - RTV-SP

Mensagem  São Paulo em Dom Jan 20, 2013 8:31 pm


Exclamation Brasília é inaugurada como nova Capital do Império

Brasília Com muita festa, após quarenta e cinco anos com as obras indo de forma devagar, apenas no último ano a obra recebeu maiores verbas por parte do Imperador, muitas vezes, dinheiro de seu próprio bolso.

A partir de hoje, a nova capital do Império Paulista passa a ser Brasília, depois de 700 anos em São Paulo, quando os Padres Jesuítas Portugueses fundaram um colégio no alto do Planalto de Piratininga, ocupado então por um povo que ali ocupava e negociava com Lusitanos as especiarias daquela terra por cem a duzentos anos. Nascendo já como um entreposto comercial, o primeiro lugarejo depois de 800m de Serra e três dias de viagem, São Paulo depois de 700 anos fundada como um lugarejo se transformou na maior cidade do Império com 12 milhões de habitantes.

Como toda dificuldade de uma metrópole, além de ser também a capital do Estado de São Paulo, a necessidade de construir uma cidade para sediar os poderes do Império veio cada vez mais a tona e sempre mexeu com o imaginário popular paulista. O projeto iniciou com o concurso realizado em 1940, durante o período da "Brevidade Democrática", onde o Primeiro-Ministro Juscelino Kubitschek, iniciou as obras. O então monarca, Rei D. João de Bueno-Piratininga II- sucessor dos Bragança, na Questão Dinástica de 1899 - lançou uma campanha nacional de fundos para a mudança da capital, começava então a 2ª Era do Bandeirantismo, as chamadas "Bandeiras Rumo ao Sertão".


O Então Primeiro-Ministro e Presidente da Nação (Título dos Chefes-de-governo do I Reinado dos Piratininga) Juscelino Kubitschek inspecionando as obras de Brasília


A inauguração se deu com fogos de artifício, com artistas populares cantando e a cerimônia de hasteamento da Bandeira Privativa de Sua Majestade, o símbolo imperial de poder da coroa. Os 170 mil trabalhadores que participaram diretamente e indiretamente da construção de Brasília vão receber as chaves de suas casas próprias. Brasília, segundo as palavras de D. Maximilien I, é a esperança do povo em retomar aos rumos de União, e essa união é retomar os caminhos do antigo Império do Brasil.

A Cerimônia terminou no Palácio do Planalto, as 23h00, com a publicação da lista dos candidatos a chefia dos governos estadauais que deverão governar os estados, recém criados e reformados pelo decreto-lei institucional nº01, podendo fazer campanha até as eleições de 1º de Março. Confira a lista de inscritos para concorrer:


- Estado de São Paulo
Spoiler:

*Presidência do Estado


1º - Paulo Maluf (FUP - Frente Única Paulista / Direita)


2º - Mário Covas (MDB - Movimento Democrático Brasileiro / Centro)


- Estado de Minas Gerais
Spoiler:
*Presidência do Estado


1º - Itamar Franco (MDB - Movimento Democrático Brasileiro / Centro)


Aureliano Chaves (FUP - Frente Única Paulista / Direita)


- Estado da Guanabara
Spoiler:
*Presidência do Estado


1º - Leonel Brizola (MDB - Movimento Democrático Brasileiro / Centro)


2º - Antônio de Faria Lima/color] (FUP - Frente Única Paulista / Direita)
avatar
São Paulo

Mensagens : 466

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rádio e Televisão Nacional de São Paulo - RTV-SP

Mensagem  Nova Salvador em Sex Jan 25, 2013 3:54 am

O Imperador Bertochi manda uma carta congratulando São Paulo pela construção da nova capital.
avatar
Nova Salvador

Mensagens : 626

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rádio e Televisão Nacional de São Paulo - RTV-SP

Mensagem  São Paulo em Seg Jan 28, 2013 3:54 am


Ministro Matarazzo visita as instalações da Usina Nuclear Angra I

Exclamation São Paulo inicia o "Nuclebras" - Programa Nuclear Brasileiro

Rio de Janeiro - Após muita disputa ideológica no Conselho de Ministros, o Primeiro-Ministro Tancredo Neves aprovou o Projeto de Expansão Energética I - Energia Nuclear em que inicia a construção de três usinas nucleares no território continental do império e mais dois no território insular.

A Proposta veio do ex-Secretário dos Negócios Estrangeiros, atual Relações Exteriores e atual Ministro do Interior, Ernesto Umberto Matarazzo Geisel. Matarazzo Geisel é muito próximo do candidato da Frente Única Paulista ao governo do Rio, o General Antônio de Faria Lima (irmão do ex-primeiro-ministro José Vicente de Faria Lima) e assim fez questão de inaugurar junto com ele o lançamento da pedra inaugural da construção de Angra I, na cidade de Angra dos Reis, no Rio de Janeiro.

O Lançamento incomodou o Palácio do Planalto, fazendo com que o Chanceler Tancredo Neves convocasse o Ministro de volta à Brasilia imediatamente. É notório que o chanceler irá apoiar o candidato da corrente ideológica Socialista Morenista do Movimento Democrático Brasileiro, Leonel Brizolla ao Governo do Estado, mas mesmo assim não impediu o sucesso e os protestos prós e contras à instalação da Usina Nuclear.


Ministro Matarazzo sinalizando a populares em Angra

O Ministro Matarazzo garantiu que "O Governo Democrático Brasileiro de São Paulo não irá usar a energia nuclear para fins bélicos, inclusive abomina seu uso, mas é necessário seu uso para conter a crise energética que assola o país". O Chanceler Tancredo Neves sinalizou no Planalto hoje que pretende chamar uma convenção internacional no Rio de Janeiro para abominar e criminalizar o uso internacional da energia nuclear para fins bélicos, o que ficaria a cargo do ministro das Relações Exteriores, o intelectual Fernando Henrique Cardoso, "o Democrata de Sydney" como é chamado nos bastidores do poder após ter contribuído pelo esvaziamento da reunião de aristocratas fascistas do Commonwealth para institucionalizar a escravidão em um governo pós-McHitler.

avatar
São Paulo

Mensagens : 466

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rádio e Televisão Nacional de São Paulo - RTV-SP

Mensagem  São Paulo em Qua Fev 06, 2013 12:53 am


"O Brasil só entra em guerra no dia em que uma cobra fumar"

Exclamation "A Cobra Fumou", São Paulo está em Guerra

Brasília - Após intensos debates no Conselho de Defesa Nacional, a preposição de Sua Majestade fora aceita pelo CDN e encaminhada ao Congresso Nacional. Após várias discussões a Oposição aprovou na Câmara em um turno e no Senado - aonde os debates foram mais intensos - em três turnos. As Forças Armadas comemoraram.
Antes inimigos, agora aliados como nunca. Assim está a relação Lapália-São Paulo. Desde a reabertura das fronteiras de Lapália com São Paulo, a economia continental cresceu 9,8% enquanto a insular cresceu 3,8%. Estima-se que com o reconhecimento do novo governo português após cinco anos, a economia nacional cresça 10%.
Isso faz com que a classe política seja favorável - porém não tanto assim - a entrada de São Paulo na guerra com Commonwealth. Juntando que o Commonwealth Austríaco estava escravizando negros, muçulmanos e homossexuais, fazendo com que São Paulo tomasse uma atitude junto as demais nações democráticas do mundo, assim foi o útil ao agradável. O Líder do Governo no Congresso, Deputado Ulysses Guimarães (MDB/SP) dizia que "São Paulo, ou como o Imperador gosta de chamar, o Brasil só entrará na guerra quando uma cobra fumar", dito e feito: Agora a Cobra vai fumar!
avatar
São Paulo

Mensagens : 466

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rádio e Televisão Nacional de São Paulo - RTV-SP

Mensagem  São Paulo em Sab Fev 09, 2013 4:27 am

farao Viva a Festa! Começou Oficialmente hoje o Carnaval em São Paulo!

São Paulo - Após três anos sem festejos devido ao sequestro do Imperador Maximilien I e as tribulações econômicas e políticas, a população não via motivos para se reunir e organizar os festejos de carnaval. Mas após o retorno de Maximilien ao trono, a estabilidade política veio junto com o crescimento econômico, as fronteiras com Lapália, Nova Salvador e Portugal mais recentemente foram reabertas, a economia voltou a crescer, a produção agrícola, industrial e de serviços não fecharam o mês no vermelho. O País está em festa, a confiança no governo está em 78%, o país tem crescido 6,5% por ano, o desemprego caído, a inflação de 1.250% por ano caiu para 12% após a adoção do plano econômico "Cruzeiro I", "Cruzeiro II", "Cruzeiro III" e "Real I", "Real II", "Real III" e só não caiu mais devido a participação na guerra do Commonwealth.


Bloco de Rua em São Paulo

Em todo território insular, o tradicional "Carnaval de Rua" voltou com força toda, o Governo Democrático do Estado de São Paulo estima-se que 6 milhões de pessoas devem ir as ruas comemorar o Carnaval. Até agora, um milhão e meio de pessoas saíram da Cidade de São Paulo rumo ao Interior ou ao Litoral. A auto-estima do país está em alta, o povo está com dinheiro no bolso e vontade de gastar isso combina com o Carnaval.

Já na cidade do Rio de Janeiro, as grandes escolas de samba como a Portela, a Mangueira e a Beija Flor, enchiam o Sambódromo de alegria, mostrando o espírito do povo e a sua esperança de dias melhores.



Mangueira na Passarela do Sambódromo do Rio de Janeiro

No total, o governo estima que seja girado durante os cinco dias de carnaval, algo entorno de 3,6 bi de Coroas, diretamente e indiretamente. Contudo, o governo de São Paulo tem feito uma campanha ostensiva e endurecendo o cerco policial contra motoristas bêbados, sendo que a lei de trânsito paulista proíbe a presença de uma única gota de álcool no sangue. A Detenção da Carteira de Motorista além de uma multa de CR$1.750,00. Se o motorista estiver altamente embriagado, vai preso, tem a carteira de motorista cassada e ainda paga uma multa de CR$15.500,00.


Tradicionais marchas de Carnaval
avatar
São Paulo

Mensagens : 466

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rádio e Televisão Nacional de São Paulo - RTV-SP

Mensagem  São Paulo em Ter Fev 12, 2013 1:30 am

Exclamation MEDIDA HISTÓRICA: Imperador Maximilien I sanciona a "Lei do Povo Espanhol"

Córdoba - Em medida histórica, o Imperador Maximilien I sancionou o projeto de lei do Parlamento Imperial em que reconhece o direito de autodeterminação dos hispano-paulistas residentes na região chamada pelos Paulistas de "Paulicéia Continental", enquanto o nome tradicional é "Andaluzia" - "Andalucía" em Espanhol.
O Projeto do deputado independente José Antônio Griñán, tem sido debatido desde a sua primeira legislatura no Parlamento Imperial representando o Distrito Eleitoral de Cadiz-Córdoba (antiga Petrópolis-Lusitânia), mas sempre com grande oposição dos deputados paulistas, lusófilos e brasileiristas. Mas desta vez, após convencer o líder do Governo, o deputado Ulysses Guimarães (MDB/SP), conseguiu a maioria necessária para encaminhar para o Senado Imperial. Já no Senado a discussão foi mais tranquila, pois o líder do governo no Senado, o senador (e ministro) André Franco Montoro, conseguiu convencer aos setores mais conservadores e nacionalistas do Senado, que não provocaria uma nova crise institucional a autonomização da Andaluzia.


Deputado José Antônio Griñán defendendo a "Lei de Proteção ao Povo Espanhol" no Parlamento Imperial

No final, por se tratar da estrutura do estado, foi para análise do Imperador Maximilien que o sancionou e ainda estabeleceu outras medidas junto, terminando o PREP II (Programa de Reformas do Estado Paulista II), em que divide de forma efetiva a divisão dos entes federais do Império Paulista, criando os seguintes estados, dando o reconhecimento às nações estabelecidas no império há séculos, pacificando então os conflitos sociais:

1. Reino do Brasil
2. Reino de São Paulo
3. República Livre de San Marco (Reconhecimento da Comunidade Lapálio/Vêneta-Paulista estabelecida há séculos)
4. República da Andaluzia (Reconhecimento da Comunidade Hispano-Paulista estabelecida há séculos)
5. Estado Eclesiástico de Aparecida
6. Estado do Rio de Janeiro
7. Estado das Minas Gerais
8. Distrito Federal de Brasília
9. Território Imperial do Bojador
10. Território Imperial de Beirute (Reconhecimento da Comunidade Árabe/Moura conquistada há séculos)
11. Território Imperial de Damasco (Reconhecimento da Comunidade Árabe/Moura conquistada há séculos)


Autogoverno Provisório da República da Andaluzia

Em todo império acredita-se que agora, finda-se de uma vez por todas, os seculares conflitos da Comunidade Espanhola, da Comunidade Árabe/Moura com os Nacionais e Lusodescendentes. É a Pax Social Paulista


REVISTO DE ACORDO COM INCONGRUÊNCIA DE RP


Última edição por São Paulo em Ter Abr 23, 2013 10:16 pm, editado 1 vez(es)
avatar
São Paulo

Mensagens : 466

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rádio e Televisão Nacional de São Paulo - RTV-SP

Mensagem  São Paulo em Qui Fev 14, 2013 6:35 am

Exclamation Libartà! Os Venezianos conquistam sua liberdade!

Brasília – “Sob a proteção de Deus e de San Marco Vangelista, patrono e protetor de meu povo, entrego a vossas excelências e a Divina Providência o presente projeto, que visa reparar um dano secular ao povo veneziano de São Paulo”, assim começou a sessão ordinária do Parlamento Imperial hoje pela manhã, na Capital do Império. O deputado Giorgio Brunelli, filho de uma das famílias nobres venezianas, entregava ao Secretário-Geral e Chanceler das Chaves do Parlamento, o seu projeto de lei que dá autonomia política à região onde está situada o chamado “Distrito Eleitoral do Vêneto Paulista”.


Deputado Giorgio Brunelli na Coletiva de Imprensa do "Salão Vêneto" do Parlamento Imperial, após a Sessão Legislativa

Após mais de cem anos de luta por reconhecimento de seu status como nação e no mínimo um estado para morar, o povo veneziano conquistou hoje no Parlamento sua vitória secular, o “Projeto da Lei dos Direitos da Nação Veneta”, do deputado Giorgio Brunelli – filho do líder independentista e senador Massimo Enrico Brunelli – conquistou a maioria no Parlamento e finalmente saiu da gaveta. Com os votos do MDB, dos Independentes e de alguns deputados continentais da FUP, o projeto de Giorgio Brunelli vai para Aprovação de Sua Majestade.

Histórico

A Região do Vêneto Paulista, foi conquistada por El-Rei D. Sebastião em 1557, em uma de suas primeiras conquistas após assumir o trono lusitano, tomou
para Lisboa uma parte da Sereníssima República de Veneza, o território posteriormente denominado de San Marco – em homenagem ao protetor dos venezianos. Até a chegada do Liberalismo em São Paulo, em 1920, os venezianos eram tratados como cidadãos de segunda classe, mesmo sendo um importante entreposto comercial entre Lapália e o território insular, principalmente pelos luso-descendentes, que viam os venezianos como um “povo conquistado”, mas isso mudou. Quando um vêneto salvou a vida do príncipe real e herdeiro ao trono, D. Alberto de Bueno Leme de um atentado terrorista provido por um anarquista espanhol, durante uma visita a Córdoba, em julho de 1923, assim a elite paulista, em especial os do terreno insular passaram a dar maior atenção àquela região que outrora apenas servia para “despachar encomendas” de Londres, Veneza e Milão.

Em 1925, era formado o “Congresso Nacional do Povo Veneziano” em São Paulo, formado por intelectuais, profissionais liberais e militantes políticos da chamada “nova esquerda” que visavam devolver aos venezianos o seu direito de cuidar de sua própria vida. Uma grande vitória foi quando em 1930, o agora Rei de São Paulo, D. Alberto I revogou o decreto que criminalizava a língua vêneta. Assim, o Irredentismo Veneziano perdia força, pois o povo não era mais amordaçado por balas e violência de policiais.

No ano de 1932, durante uma visita de Alberto I (avô de Maximilien I) à “Cità di San Marco”, D. Alberto criara a “Fundação de Promoção do Orgulho Veneziano”, para integrar os paulistas e os venezianos cada vez mais, chegando a um ponto, que nos anos 1940, era considerado “chique” entre a Elite e a Classe Média Emergente falar veneziano no lugar de inglês.

Mas com a abdicação e a morte de D. Alberto I em 1956 e a ascensão do príncipe João de Bueno-Piratininga ao trono, a situação inverteu para os venezianos, junto ao príncipe recém entronado Monarca dos Paulistas os militares avessos aos avanços liberais de D. Alberto I invadiram o Parlamento, declarou recesso a Suprema Corte Imperial e enclausuraram D. João II Piratininga no Mosteiro de São Bento, no centro da cidade de São Paulo e assim governaram de forma ditatorial o país durante 15 anos, anos estes que foram de pura repressão para as comunidades chamadas pelos militares de “raças inferiores”. Mas com apoio dos venezianos, gratos pelo reconhecimento de seu pai, conseguiu fugir para San Marco e de lá organizou uma guerrilha, junto com o então vereador de San Marco, Massimo Enrico Brunelli e em 1971 tomaram o poder de volta em São Paulo, com apoio de hispano-paulistas (andaluzes) e venezianos, criando então condições especiais à cultura nacional veneziana e as suas tradições, que depois de 42 anos resultaram em seu secular sonho: um Estado Nacional Veneziano.

Mesmo que sem soberania, os venezianos ainda gratos a Coroa Imperial (D. Afonso I e D. João II) juraram lealdade ao Trono dos Bandeirantes.
Hoje, San Marco e o Vêneto Paulista são uma região altamente desenvolvida, sendo a “Hong Kong da Europa”, com seus arranha-céus na parte continental e suas tradicionais casas a beira d’água e seus canais semelhantes aos de sua cidade-origem: Veneza.

Assim, D. Maximilien ganha mais um título: Rei dos Venezianos e Protetor da Serena República de San Marco.

O Governo Nacional Veneziano

A Sereníssima República de San Marco, como será chamada, será governado por um Doge, eleito diretamente pela população, que será diretamente fiscalizado pelo “Conselho Maior”, a câmara alta do legislativo vêneto, que por sua vez será composto vitaliciamente um terço pelos chefes das principais famílias nobres da região: os Brunelli, os Moro, os Venieri, os Casanova e os Frachi, e o restante eleito diretamente pelo povo para um mandato de oito anos. O Mazor Consegio terá a função de Senado, de Conselho de Estado e de Conselho Constitucional, isso é, julgar a constitucionalidade e regularidade dos atos do Estado Nacional Vêneto.

Já a câmara baixa, será composta pelo “Conselho dos Dez”, possuindo dez cadeiras, uma para cada estado e cada conselheiro terá um mandato de dez anos, sendo eleito diretamente pelo povo.

O Poder Judiciário será mediante concurso público para a “Comarca Judicial da Sereníssima República de San Marco”, dependendo da nomeação de Sua Majestade.

Mesmo que sem soberania, hoje os vênetos-paulistas são livres, podem definir o próprio destino, inclusive será governado por um Doge vêneto, o fidelíssimo da Coroa Imperial, o senador Massimo Enrico Brunelli. O povo grita pelas ruas: Libartà! Libartà! Libartà!



Senador e Doge Massimo Enrico Brunelli
avatar
São Paulo

Mensagens : 466

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rádio e Televisão Nacional de São Paulo - RTV-SP

Mensagem  São Paulo em Sab Fev 16, 2013 3:31 am

Arrow São Paulo possui a 5ª maior Forças Armadas do Mundo


Desfile Cívico do Dia da Independência

Brasília - Hoje foi divulgado em Londres, pelo Instituto "Bellis Novae" sobre o poderio militar das nações. Surpreendentemente, São Paulo está no 5º lugar do Ranking, atrás apenas de Lapália, Gultiland, Rússia e Astártia. Isso é uma mostra clara que São Paulo e Lapália, democracias reais conseguem equilibrar uma grande Forças Armadas e um Estado Democrático de Direito. Respeitando os Direitos e Garantias Individuais dos cidadãos, quebrando um mito da história paulista que só se pode ter um Exército grande com uma democracia fraca.

O Ministério da Guerra e da Defesa Nacional assim como o Conselho de Segurança Nacional não quiseram comentar a pesquisa.

Arrow Joachim Barboza é indicado para Corte Internacional de Areeiro


Julgamento de Areeiro

São Paulo - Após uma atuação brilhante no Julgamento dos Golpistas, que ocasionaram a Crise Institucional Paulista, agindo de forma imparcial como se exige de um magistrado, o Imperador Maximilien I o indicou ao Parlamento para enviarem à Corte Internacional de Areeiro, para julgar os crimes contra a humanidade cometidos durante o regime fascista de McHitler na Commonwealth.

Mal chegou e já causou polêmica, redigiu uma petição inicial para que as autoridades baianas também entrassem no rol dos processos por serem cúmplices de crimes contra a humanidade. Lapália apoiou e os Baianos repudiaram. Tudo indica que teremos um julgamento à revelia.
avatar
São Paulo

Mensagens : 466

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rádio e Televisão Nacional de São Paulo - RTV-SP

Mensagem  São Paulo em Seg Fev 25, 2013 4:25 pm

Exclamation Eleições Regionais. MDB leva tudo e a Frente Única pensa em refundação.


Franco Montoro, Fernando Henrique Cardoso e Mário Covas. A Corrente Social-Democrata do MDB

São Paulo - O MDB levou todos os governos regionais tradicionais disputados na eleição deste domingo. A maior vitória foi a do deputado Mário Covas contra o senador Paulo Maluf (FUP), ambos adversários pela cadeira de Governador de São Paulo.

Maluf começou as eleições com 65% de intenções de voto e Covas não passava de 5%. Na segunda pesquisa, realizada em novembro do ano passado, Covas já tinha 35% dos votos contra 40% de Maluf, na última sondagem, à sexta-feira na véspera da eleição, Covas e Maluf apareciam empatados tecnicamente. Maluf com 51 e Covas com 49%.

Paulo Maluf é um símbolo icônico para a Direita Paulista. Conhecido como "Tocador de Obras" e pelo jargão popular "rouba mas faz", foi prefeito da capital paulista por três vezes, sendo o responsável por obras de grande relevância nacional, desde a retificação dos rios Tietê, Tamanduateí e Pinheiros, as avenidas Jacú-Pessego, Águas Espraiadas e as Avenidas Marginais, além da ampliação do Metrô de São Paulo e a municipalização do transporte de ônibus com a criação da CMTC - Companhia Municipal de Transportes Coletivos de Piratininga. Politicamente esteve ao lado dos republicanos radicais do continente, que assolaram o país em uma crise institucional que iniciou-se com o sequestro de D. Maximilien I e o assassinato de sua esposa e seu filho mais novo.

Já Covas, foi um dos líderes responsáveis pela redemocratização plena do Império. Republicano nato, esteve ao lado de outro símbolo da Direita Paulista, o então governador José Vicente de Faria Lima na formação de uma Coalizão Nacional para combater os republicanos radicais que tomaram o poder no território continental do Império. Junto com o professor Franco Montoro, foi também um dos responsáveis em conter os ânimos dos republicanos insulares e então preparar o terreno para um estado democrático e provisório, liderado pelos comandantes militares sendo fiscalizados diretamente por um parlamento eleito. Essa foi a saída para evitar uma crise maior ainda e deu certo. Enquanto deputado apresentou projetos de lei para o fim da pena de morte, a desoneração fiscal dos produtos da cesta básica alimentar, o fim da imunidade parlamentar para crimes dolosos além do crime de corrupção e tráfico de influência.

Nas Urnas, Covas venceu com 53% contra 47% de Paulo Maluf. Essa foi a vitória mais significativa, pois após 20 anos, a Direita sai do poder do governo de São Paulo.

Mas com a derrota em Minas Geraes, Rio de Janeiro e São Paulo, os principais estados do Império, a Frente Única Paulista pretende se refundar. Os líderes partidários e candidatos preferiram não comentar a notícia.
avatar
São Paulo

Mensagens : 466

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rádio e Televisão Nacional de São Paulo - RTV-SP

Mensagem  São Paulo em Sex Mar 29, 2013 12:12 pm

Exclamation URGENTE: Tropas Paulistas se preparam pra sair da Commonwealth!
Constantinopla - Após um bate-boca entre o Comandante da Operação Demokratos e da Junta Militar para o Commonwealth, o General Antônio de Faria Lima solicitou diretamente à Comissão Especial Mista do Congresso Nacional para Assuntos da Commonwealth e também a Comissão de Defesa e Relações Exteriores do Senado Imperial, com vênia de Sua Majestade, o retorno imediato para São Paulo.

Após um reunião do Conselho Privativo de Sua Majestade e do Conselho Imperial de Defesa e ouvido as comissões do Congresso Nacional, o Imperador Maximilien I emitiu o Decreto Extraordinário S/N de 2013 em que autorizava ao Comandante da Operação Demokratos em determinar o retorno para São Paulo, assim como também as medidas disciplinares de soldados que se extraviaram da operação na Commonwealth.

Arrow Rápidas Notícias

*O Imperador cinquentão está procurando uma namorada. Fontes do palácio dizem que Maximilien procurou até conselheiros militares para ver se teria alguma "ressalva" das Forças Armadas.

*Presidente agora é Governador: Eleito como "Presidente do Governo do Reino de São Paulo", Mário Covas da Corrente Ideológica Social-Democrata do MDB envia para Assembléia Legislativa e para o Senado Estadual mudança do título do cargo de "Presidente" para "Governador".

*Palestra Itália vence Corinthians por 4 x 3 em clássico histórico da Liga Paulista de Futebol, ontem no Estádio do Pacaembú em São Paulo
avatar
São Paulo

Mensagens : 466

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rádio e Televisão Nacional de São Paulo - RTV-SP

Mensagem  Sarvoya em Sex Mar 29, 2013 12:51 pm

São Paulo escreveu:*Palestra Itália vence Corinthians por 4 x 3 em clássico histórico da Liga Paulista de Futebol, ontem no Estádio do Pacaembú em São Paulo
ooc: GOOOOOOOOOOOL... do Mirassol.
avatar
Sarvoya

Mensagens : 857

Ver perfil do usuário http://www.facebook.com/gustavopfurla

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rádio e Televisão Nacional de São Paulo - RTV-SP

Mensagem  São Paulo em Qua Abr 03, 2013 4:08 pm

Exclamation URGENTE! - Infecção Mutante em São Paulo![/b] (*1º de Abril atrasado)

[Chamado Especial em Cadeia Nacional] No Principal porto insular de São Paulo, o Porto de Santos, está fechado, a Marinha está atirando no primeiro que aparece nas praias e nos portos de toda ilha! Após desembarques ilegais na costa norte da principal ilha do império de comunais infectados com a estranha doença, que fazem parecer acabados de sair de um filme "trash" sobre zumbis já infectou metade da população insular. No Continente, na fronteira Lápalo-Portuguesa com a Andaluzia e San Marco apenas 10% da população está infectada.

O Imperador decretou estado de sítio, dissolveu o Parlamento, a Administração Federal e as autonomias regionais, visto a excepcionalidade do caso. A Ordem é: Zumbi?! Mata e depois pergunta.

A Ordem de Sua Majestade é de NÃO SAIREM DE CASA! Quem sair será morto!


Vista do Centro de São Paulo com o Apocalipse Zumbi

[FIM DE TRANSMISSÃO]


Última edição por São Paulo em Sex Maio 03, 2013 6:50 pm, editado 1 vez(es)
avatar
São Paulo

Mensagens : 466

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rádio e Televisão Nacional de São Paulo - RTV-SP

Mensagem  São Paulo em Qua Abr 24, 2013 10:29 pm

[INTERNACIONAL]
Arrow A Questão Espanhola e as Relações do Eixo Lisboa - São Paulo - Londres.


Lisboa - Após quase cinco anos de guerra civil em Portugal, estando os neo-setembristas e os Lapálios em choque direto com os nacionalistas paulistas, hoje nos corredores do Palácio do Horto nem aparenta que há poucos anos atrás soldados paulistas eram empalados em praça pública por portugueses. Após o "Decreto de Normalidade Diplomática Unilateral", outorgado por D. Maximilien reatando as relações Lisboa - São Paulo, sendo bem recebido nas Necessidades, em Lisboa e também ao "Tratado Bilateral de Relações Diplomáticas e Comerciais", declarando estado de paz com Lapália, São Paulo não possui mais fronteiras e nem governos hostis aos seus interesses.

Com o retorno de Maximilien à Coroa Imperial, após seu sequestro e a crise institucional que perdurou quase uma década, a valorização das instituições representativas se mostraram importantes para consolidar São Paulo como um Estado Social e Democrático de Direito de referência no mundo, iniciando desde a intervenção militar na Commonwealth contra o McHitlerismo e o Genocídio Negro até ao Julgamento de Areeiro, com o Dr. Joachim Barboza representando. São Paulo mostra que quer afirmar seu papel como uma "potência militar e econômica" ao sul do Continente Europeu. Estando banhado pelas águas quentes do Atlântico Sul e do Mediterrâneo seu posicionamento isolado porém estratégico reafirma a necessidade em ter uma armada e uma força aérea de guerra em constante atualização, fazendo com que São Paulo hoje tenha a 5ª maior forças armadas do planeta, sendo a 2ª maior democracia - atrás apenas de Lapália - em questão de forças armadas.

O próximo passo, segundo acadêmicos da Universidade de São Paulo, seria São Paulo liderar a criação de um bloco regional forte, para fazer frente ao MERCI, mostrando que os europeus são capazes em tomar a dianteira das relações interregionais, desde a Europa Nórdica, de Almada, Astártia e Gutland à Europa Mediterrânea de S. Paulo, Portugal e Lapália.

[PALACIANAS]
Arrow Imperador Maximilien I é flagrado em "momento íntimo" com Miss Minas Gerais no Aeroporto de Cumbica.
Arrow Chanceler Tancredo Neves veta legalização do aborto, Senado propõe "endurecimento" das conversas com o Executivo.
Arrow Mário Covas, governador de São Paulo anuncia concessão à iniciativa privada das Rodovias Estaduais e dos Portos de Santos e São Sebastião. A previsão de lucro para o estado é de CR$1,5 bilhões por ano.
Arrow Leonel Brizolla, governador do Rio de Janeiro agride manifestante na porta do Palácio da Guanabara. O Governador alega que foi "ofendido", por isso, deputado Francisco Cabral apresenta uma moção de censura na Câmara dos Deputados do Estado do Rio de Janeiro, contra governador.
Arrow Doge de San Marco, às vésperas da festa do padroeiro, o evangelista São Marcos apresenta ao Mazor Consegio uma proposta de emenda constitucional, alterando o nome da Sereníssima para o seu nome original: Sereníssima República Aristocrática de Trieste. Apresenta também, um pedido para a abertura direta da balsa que faz a ligação entre Trieste, em São Paulo à Veneza em Lapália.

avatar
São Paulo

Mensagens : 466

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rádio e Televisão Nacional de São Paulo - RTV-SP

Mensagem  São Paulo em Sex Maio 03, 2013 7:46 pm

[EDICTORIAL] O Governo Constitucional de Tancredo Neves: A Redemocratização à Paulista



Tancredo Neves subindo a rampa do Palácio do Planalto, em Brasília, como Chefe-de-Governo do Império

Brasília - Após quatro anos de governo, Tancredo de Almeida Neves, foi o homem escolhido pela coalizão de oposição aos republicanos e aos conservadores, que haviam mergulhado o país em uma ditadura, em um sequestro do Imperador e sua simulada morte, está há algumas horas de terminar seu mandato. O Parlamento Imperial será dissolvido, como de tradição, para o Imperador Maximilien I convocar "Eleições Gerais Parlamentares". É a primeira vez nos últimos dez anos, que um gabinete de governo conseguiu manter-se a frente de seu cargo como Primeiro-Ministro, Chanceler e Secretário de Estado, sem sofrer qualquer tipo de interrupção, o último foi o Brigadeiro José Vicente de Faria Lima, irmão do General Antônio de Faria Lima, comandante das tropas paulistas na Commonwealth.

O Principal feito de Tancredo, é único: Conseguiu o julgamento de golpistas, manter São Paulo como um estado social e democrático de direito, conseguiu congregar setores nacionalistas, conservadores e de esquerda da sociedade em torno de um único projeto, tornar este país uma democracia e estável. E em quatro anos ele conseguiu.

Hoje São Paulo participa de uma missão de pacificação no estrangeiro (Operação Demokratos I, II e III, na Commonwealth), de um julgamento de criminosos de guerra em Areeiro, reatou as relações com Lapália e Portugal, criando um novo eixo mundial de poder: São Paulo/Brasília - Londres/York e Almada, manteve pulso firme contra os devaneios totalitários de McHitler e de Bertochi.

O Homem que era tido como inimigo da monarquia, o líder dos republicanos moderados, do grupo político de Franco Montoro e Ulysses Guimarães, o trio, junto com a coroa imperial, colocaram São Paulo na dianteira das nações democratas e liberais do mundo.

Outro mérito de seu governo, foi ter conseguido eleger todos os governadores de seu partido, desde da corrente de esquerda, com Leonel Brizolla, no Rio de Janeiro à Mário Covas, da corrente social-democrata, em São Paulo. Conseguiu também, a despeito dos Conservadores e ultra-nacionalistas paulistas, o reconhecimento da comunidade lusitana e lapália, conferindo-lhes maioria constitucional (3/4 do Senado Imperial) para criarem seus estados: República Aristocrática de Trieste, Estado dos Lusíadas e o Estado d'Além Algarve, todos com status especial e de república, conforme o "Ato de Soberania Regional".

Modernizou as Forças Armadas, hoje 9 a cada 10 militares estão contentes com os rumos do país, o que antes, durante o final do governo Faria Lima e o início da crise institucional era de 1 a cada 10. Também tirou os militares das Tribunas e os devolveu à Caserna. Enfrentou, por sua política integracionalista e pan-européia, um bloqueio econômico de Sarvoya, do chamado Bloco Merci, mas também, por conta disso, embargou completamente a economia sarvoya, acabando com o "embargo trocado". Mérito também deste governo, foi a retomada de Ilhabela, de Nova Salvador, pérola do turismo paulista, hoje território nacional.

A missão de seu sucessor será difícil, porém menos do que a que Tancredo encontrou: Estabilizar a economia nacional, modernizar os Portos, Aeroportos e Ferrovias e também concretizar a Liga Européia, projeto do ministro Fernando Henrique.

É o fim de uma Era de Incertezas e Instabilidades, passando a uma Era de Prosperidade. Os Republicanos Moderados venceram as urnas, e quem sai ganhando no final foi a Nação e a Monarquia, mais forte do que nunca.

[PALACIANAS]


Arrow A Direita se reune hoje para decidir quem será o seu candidato para combater o popular Fernando Henrique.
Arrow Filiados ao MDB e a SDP se reúnem e aprovam em congresso formação de Bloco para a próxima eleição geral parlamentar e também, o ministro e ex-primeiro-ministro Fernando Henrique como candidato para as eleições.
Arrow Tancredo Neves termina seu mandato, nas ruas de todo o país, populares o chamam de "O Salvador da Pátria" ou também de "O Homem do Santo Maximilien", em referência à indicação do Imperador para a formação de um gabinete de governo. Sua popularidade atinge a máxima história, 71% de aprovação, contra 73% de Faria Lima.
Arrow Palmeiras, Portuguesa, Santos e Corinthians disputarão torneio internacional de futebol, em Sarvoya.


Fernando Henrique, o candidato à sucessão de Tancredo Neves
avatar
São Paulo

Mensagens : 466

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rádio e Televisão Nacional de São Paulo - RTV-SP

Mensagem  São Paulo em Sab Jun 15, 2013 12:56 pm

ArrowA Direita se reúne e determina: Faria Lima é candidato a Primeiro-Ministro!


São Paulo de Piratininga - Após os filiados e militantes dos três partidos de direita do Império clamarem, o brigadeiro José Vicente de Faria Lima, é o candidato aclamado pela direita à Primeiro-Ministro do Império. Em evento único, realizado no plenário do Senado Estadual de São Paulo, os partidos nacionais de direita os Conservadores, a Aliança Nacional Democrática (Liberal) e a União Democrática Nacional (Coalizão de Direita) congregaram em uma Convenção única os nomes para as eleições parlamentares nacionais. 


O líder da bancada, de primeiro momento, deve ser Faria Lima, que se lançará pelo distrito eleitoral da Administração Metropolitana de São Paulo de Piratininga, reduto social-democrata e do MDB, derrotar os Tucanos e os Democratas no seu coração político virou "questão de honra e dignidade", segundo Orestes Quércia, presidente regional da UDN. Enquanto isso, o vice-líder da bancada, deverá ser jovem Enrico Brunelli, pelo distrito eleitoral de Trieste, na República Aristocrática de Trieste, que assumirá a liderança da bancada de direita, caso haja uma vitória de Faria Lima.



Código:
As últimas pesquisas pelo Instituto Nove de Julho de Pesquisas, as intenções de voto hoje são:[/font]
- São Paulo:
Fernando Henrique (MDB): 35%
Faria Lima (UDN): 23%
Indecisos:  42%


- Minas Gerais[/font]
Fernando Henrique (MDB): 15%
Faria Lima (UDN): 37%
Indecisos: 48%


- Rio de Janeiro
Fernando Henrique (MDB): 12%
Faria Lima (UDN):  32%
Indecisos: 56%


- Trieste
Fernando Henrique (MDB): 42%
Faria Lima (UDN): 50%
Indecisos: 8%


- Lusíadas & Além Algarve
Fernando Henrique (MDB):  54%
Faria Lima (UDN): 40%
Indecisos: 6%


O principal erro político do MDB, foi ter menosprezado o poder eleitoral continental, acreditando que tinha o poder nas mãos, devido a reforma administrativa e política que deu autonomia política as comunidades italo/lapalo-portuguesas, esqueceram das lideranças que provocaram estes fatos políticos. Alijados do MDB, a direita soube aproveitar bem isso. Erro crucial e pecado cabal por parte dos governistas, com uma maioria nacional indecisa, quiçá será essa a eleição mais difícil e emocionante da história política do Império de São Paulo.
avatar
São Paulo

Mensagens : 466

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rádio e Televisão Nacional de São Paulo - RTV-SP

Mensagem  São Paulo em Dom Jul 14, 2013 12:32 am

Exclamation EXTRA!!! Faria Lima passa Fernando Henrique pela primeira vez em pesquisa da RT9!

São Paulo - Em nova pesquisa encomendada pela RT9, o candidato direitista e da oposição, Faria Lima passa pela primeira vez o candidato da esquerda e do governo, Fernando Henrique. A diferença é de 13% entre os dois.

A maior diferença está no reduto e núcleo duro político dos governistas, em São Paulo, a diferença que antes era de 10% para Fernando Henrique, agora Faria Lima, ex-senador, ex-governador, ex-primeiro-ministro e ex-prefeito é de 36%. O ponto principal que foi quando Faria Lima começou a decolar, foi na entrevista de Fernando Henrique dizendo que iria legalizar e regulamentar o uso e plantio de Maconha em território nacional. Faria Lima, disse que "por defender a família, sou contra!" e também, que manteria a política externa inaugurada por ele de "maior espaço entre as nações", quando Fernando Henrique defendeu o retorno do isolacionismo.'

Se a eleição fosse hoje, o a coligação "São Paulo não pode Parar", da oposição direitista, venceriam as eleições parlamentares e conseguiriam a maioria tanto no Parlamento quanto nas cadeiras eletivas do Senado.

avatar
São Paulo

Mensagens : 466

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rádio e Televisão Nacional de São Paulo - RTV-SP

Mensagem  São Paulo em Dom Jul 28, 2013 3:05 am

URGENTE! Secretário das Relações Exteriores sinaliza  reatar as relações diplomáticas com São Paulo


São Paulo - O Secretário Imperial das Relações Exteriores, Fernando Henrique Cardoso em entrevista hoje à Rádio Anhanguera, fora questionado sobre as relações Piratininga - Lisboa. O Secretário e candidato à Primeiro-Ministro afirmou: Com a faceta fascista e genocida de Afonso, líder dos conservadores portugueses, que abandonou o asilo político em São Paulo, nós resolvemos - com irrestrito apoio de Sua Majestade e do Senado Imperial - mudamos a nossa Doutrina Oficial de Negócios Estrangeiros. Não há motivos algum para mantermos a animosidade com a mátria da pátria paulista, com Portugal. Aliás, 30% da população tem algum vínculo direto ou indireto, não temos motivos para isso! Vamos melhor a relação entre as nações europeias!
avatar
São Paulo

Mensagens : 466

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rádio e Televisão Nacional de São Paulo - RTV-SP

Mensagem  São Paulo em Qui Nov 28, 2013 3:16 am

Exclamation ELEIÇÕES GERAIS PAULISTAS

São Paulo - A última urna foi fechada, no Distrito Eleitoral de Aparecida do Norte, no Território Eclesiástico de Aparecida. A Direita, liderada pela Coalizão "São Paulo não pode parar!" (UDN/LIB/CON) venceu a Esquerda, liderada pela coalizão "Aliança pelo Progresso" (MDB/SDP/PC) com uma diferença de 20%, conquistando a maioria no Congresso Nacional.

O candidato da Direita, o ex-chanceler Faria Lima, em discurso no Comitê Central de Campanha, em São Paulo, agradeceu ao povo paulistano - moradores da Cidade de São Paulo de Piratininga - por terem dado a ele um voto de confiança e eleito como Congressista pelo Distrito Eleitoral Metropolitano de São Paulo, onde derrotou o candidato do Governo, o senador Fernando Henrique que concorria a uma vaga como congressista pelo mesmo distrito.

Esta é a vitória mais significativa na eleição É sempre bom lembrar que foi na mesma São Paulo em que se iniciou a crise institucional a favor da república, então a derrota de um candidato progressista pelo conservador, representa mais que números mas o sintoma que na Capital do Império se espera mais prudência do próximo governante com medo dos fantasmas dos passados.

Ficando então no lugar de Fernando Henrique, o Senador (reeleito) Franco Montoro, o novo líder da oposição.

RESULTADOS PARA O PARLAMENTO NACIONAL
Coalizão São Paulo não pode parar! (Conservadores): 325 cadeiras
Coalizão Aliança pelo Progresso (Progressistas): 175 cadeiras

RESULTADOS PARA O SENADO IMPERIAL
1. Distrito Eleitoral do Estrangeiro (Para Paulistas no Exterior)
Cadeiras Eletivas: 6
Cadeiras Aristocráticas: 0

2. Reino de São Paulo
Cadeiras Eletivas: 12
Cadeiras Aristocráticas: 22

3. República Aristocrática de Trieste
Cadeiras Eletivas: 12
Cadeiras Aristocráticas: 13

4. Estado Eclesiástico de Aparecida
Cadeiras Eletivas: 3
Cadeiras Aristocráticas: 6
Cadeiras Eclesiásticas: 12

5. Estado do Rio de Janeiro
Cadeiras Eletivas: 12
Cadeiras Aristocráticas: 6

6. Estado das Minas Gerais
Cadeiras Eletivas: 5
Cadeiras Aristocráticas: 3

7. Estado dos Lusíadas
Cadeiras Eletivas: 3
Cadeiras Aristocráticas: 7

8. Estado do Além Algarve
Cadeiras Eletivas: 3
Cadeiras Aristocráticas: 7

TOTAL DE CADEIRAS ARISTOCRÁTICAS: 67
TOTAL DE CADEIRAS ELETIVAS: 56

SENADORES CONSERVADORES (ARISTOCRATAS):40
SENADORES PROGRESSISTAS (ARISTOCRATAS): 20
SENADORES INDEPENDENTES (ARISTOCRATAS): 7

SENADORES CONSERVADORES (ELEITOS): 40
SENADORES PROGRESSISTAS (ELEITOS): 10
SENADORES INDEPENDENTES (ELEITOS): 6

avatar
São Paulo

Mensagens : 466

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rádio e Televisão Nacional de São Paulo - RTV-SP

Mensagem  São Paulo em Qua Nov 19, 2014 1:51 pm

Arrow FIM DE GOVERNO: Faria Lima completa o seu terceiro mandato e não quer se recandidatar ao posto!

Piratininga - Em discurso único no Congresso Nacional, o brigadeiro José Vicente de Faria Lima (FUP) realizou seu último discurso como parlamentar, político e homem público, anunciou ao Parlamento e ao Povo que sairá da vida pública. Após 4 mandatos - 1 como Secretário de Estado, antes do Golpe e três pós Retomada Democrática - o líder conservador entrega à Sua Majestade sua Solene Carta de Renúncia pedindo que convoque novas eleições ou indique um novo chefe de governo.

Segundo fontes no Palácio Imperial dos Campos Elíseos, o Imperador Maximilien pode indicar o líder democrata-cristão Franco Ortega y Gasset para a Chefia de Governo, mas antes irá baixar o Decreto Imperial da Reforma do Governo, onde reformará as estruturas do Poder Executivo Imperial. Um deputado que não quis ter seu nome revelado, disse à reportagem por mais que tenhamos que engolir a seco a Reforma sem passar pelo Parlamento e a escolha de um nome sem escutar as lideranças, é uma prerrogativa imperial, para analistas políticos, Ortega y Gasset é o melhor nome para a atual conjuntura política além de representar a renovação política de São Paulo, tão desejada pelos populares.
avatar
São Paulo

Mensagens : 466

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rádio e Televisão Nacional de São Paulo - RTV-SP

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum